As melhores combinações de Glee


Aviso: Carimbando no bilhete do cinema, esse post contém beijo gay, lésbico e hétero. Se tiver qualquer problema com o fato feche a página. 



Depois de apontar as piores combinações de Glee, chegou a hora de destacar as melhores. Para evitar a necessidade de outra postagem, desta vez, o termo combinações será usado no sentido amplo da palavra, englobando não apenas casais como amizades e shippers que nunca aconteceram. Devido a não regularidade de Glee, algumas dessas junções duraram poucos episódios, mas foram fortes o suficiente para nos fazer torcer. Já outros dos mencionados representam os principais casais da série.



1o. RYLEY

Extraído de: http://rose--marley.tumblr.com/
Ganhador da segunda temporada do The Glee Project, Blake Jenner entrou para o elenco de Glee com a clara responsabilidade de se tornar protagonista e sua parceria com Melissa Benoist não poderia dar mais certo. Ambos lindos, carismáticos e engraçados, inclusive namorados na vida real,  o casal seria uma combinação perfeita para carregar a nova fase da série se os roteiristas não tivessem decidido manter Marley nos braços de Jake e lançar Ryder em um plot de catfish completamente constrangedor. 


9. ARTINA


Extraído de: http://doodles357.tumblr.com/

Dois dos originais do clube Glee, Artie e Tina mantiveram um romance no iniciozinho da série. A ex-gaga e o cadeirante representavam bem a ideia de exclusão que a série tentava passar. Tendo seu auge de evidência no sexto episódio, após isso o casal perdeu destaque e ambos os personagens foram jogados para o plano de fundo. Na temporada seguinte, Tina trocou Artie por Mike sem explicação alguma e ambos os personagens passaram a virar piada na própria série pela total ausência de plots seus.


8. QUICK

Extraído de: http://www.fanpop.com/

Quinn e Puck são de certa forma um dos casais épicos da série. Unidos pelo plot da gravidez, já na primeira temporada, eles são o típico casal que se encontra e desencontra várias vezes ao longo da vida. Com personalidades explosivas e uma conexão emocional forte, os dois renderiam uma ótima alternativa para a segunda fase da série, porém foram retirados da trama no início do quarto ano, só se encontrando no episódio 100.


7. WEMMA

Extraído de: http://getfuzzy.tumblr.com/

Casal originado na primeira temporada, foi sempre difícil não torcer para que Will e Emma ficassem juntos, muito mais pelo carisma dela do que dele. A fofura de Emma aliado a carga dramática da personagem que sofria de TOC (transtorno obsessivo compulsivo) e a sempre ótima atuação de Jayma Mays fazia o público torcer para o final feliz da personagem. Curiosamente, este é um dos poucos casais que alcançou esse patamar, tendo sua conclusão com o casamento seguido da primeira gravidez.


6.  BRAN 

Extraído de: http://www.fanpop.com/

Brittany e Sam parece uma combinação que surgiu de forma imprevista. Os roteiristas perceberam a dinâmica encantadora entre os personagens e resolveram investir na relação. Ambos loiros, fofos e divertidos, a dupla conseguiu a proeza de salvar até um episódio de natal (sempre ruins) com seu casamento do fim de mundo. Curiosamente, a junção dividiu opiniões, pois a ameaçava outro grande casal da série. Tudo teve seu fim com a gravidez de Heather Morris que a forçou a se afastar da série, enquanto Sam foi jogado nos braços de uma enfermeira avulsa e depois de Mercedes.


5. BLAN

Extraído de: http://mpreg-glee-rp.tumblr.com/

A amizade de Blaine e Sam começou de forma super divertida no perfeito  episódio de super heróis e foi desenvolvida a ponto de ganhar um shipper, mesmo com Sam declaradamente hétero. O roteiro inclusive fez Blaine mudar seus sentimentos pelo amigo e até se declarar com a belíssima Againt the odds. Embora o romance nunca tenha acontecid0, fanfics, gifs e tumblrs não faltam para a combinação.


4. FABERRY

Extraído de: http://thefaberryonly.tumblr.com/

Lindas e talentosas, a dinâmica entre Diana Agron e Lea Michelle sempre rendeu excelentes cenas e plots e não é toa que o shipper se formou com insinuações de envolvimento entre as atrizes. Embora isso nunca tenha acontecido, a combinação das duas rendeu o mashup perfeito I feel pretty/Unpretty, uma das melhores coisas já produzidas pelo show.


3. FINCHEL

Extraído de: http://finchelislove.tumblr.com/

Casal protagonista, Rachel e Finn sempre dividiram opiniões mesmo estando claramente destinados a encerrarem a trama juntos. Infelizmente, a morte de Cory Monteith encerrou definitivamente o shipper e a melhor opção para o enredo foi manter a trajetória de Rachel livre de interesses amorosos.


2. KLAINE

Extraído de: http://mavin-and-klaine.tumblr.com/

A inclusão de Darren Chris na trama foi sem dúvida um ponto alto de Glee e seu consequente envolvimento com Kurt foi a estratégia perfeita para manter o ex-warbler no clube do coral. Com exceção de Wemma, o casal é o que possui mais tempo de permanência, sendo inclusive um dos poucos candidatos a ganhar um final juntos. Apesar da torcida, a combinação vocal dos dois dificilmente empolga, tendo destaque positivo apenas em Perfect e Love is a Battlefiled


1. BRITTANA

O envolvimento amoroso de Santana e Brittany estava claro na série desde seu inicio, mas só ganhou destaque na segunda temporada. Tendo ponto inicial uma amizade e a descoberta da sexualidade, o casal rendeu um ótimo debate sobre esse último tema já no inicio da terceira temporada e mesmo separadas pela distância as duas sempre repassaram para o público a sensação de carinho mútuo e respeito. As duas inclusive compartilham a ruptura mais madura e bem desenvolvida da série, embalada pela belíssima versão de Mine. Talvez o sucesso do casal tenha se dado principalmente pelo encontro de personalidades tão diferentes, Brittany, ingênua e doce, e Santana, forte e controladora. Sem falar que ambas as atrizes são lindas e talentosas. Sem dúvida um casal que deve terminar a trajetória da série junto.

Extraído de: http://www.fanpop.com/

Menção honrosa:  Artie e Quinn



Amizade nunca antes vista e apenas de um episódio, a interação de Artie e Quinn foi um dos melhores plots da série e que nunca foi desenvolvido. A ajuda do cadeirante para que Quinn aceitasse sua nova limitação juntou personagens que nunca haviam se encontrado e seria a solução perfeita para dar o destaque merecido a Artie. Infelizmente, no episódio seguinte Quinn foi lançada nos braços de Joe e a combinação desses dois poderia facilmente ter entrado nas piores combinações que a série produziu.